Inside

Blog

12 . Junho

Conheça as regras de marketing para a Copa do Mundo

Faltam poucos dias para o início de um dos momentos mais aguardados por milhões de brasileiros, a Copa do Mundo da Rússia. Além do entusiasmo e da diversão, o torneio traz oportunidades para que as empresas possam promover ações de marketing digital, gerando novos negócios.
No entanto, a Fifa e os patrocinadores têm marcas e palavras de uso exclusivo, e por isso, antes de iniciar o seu planejamento fique atento aos detalhes das regras relacionadas ao maior evento do futebol para que sua empresa não sofra com infrações e multas.
Os designs oficiais, tais como, emblema, copa do mundo, pôster, mascote, troféu, tabela de jogos e identidade visual das competições são de uso único de quem as registrou e dessa maneira não é prudente colocá-los em nenhum tipo de material. Isso vale para as páginas no Facebook, nos informes publicitários e em todas as outras peças de divulgação.
As palavras e os layouts mencionados acima podem ser utilizados sem problema algum nos materiais jornalísticos, aqueles com fins editoriais, mas não devem ser incluídos em peças com contexto publicitário de não-patrocinadores. Lembre-se que se a empresa tiver uma atitude assim pode ficar sujeita a multas e processos na justiça.
Se optar por falar sobre os jogos em seus canais de comunicação a fim de aumentar a interação com os clientes, tudo bem. Mas não esqueça que as regras permanecem as mesmas. Por exemplo, a palavra “seleção” pode ser utilizada em materiais publicitários, em posts, no entanto, a palavra “seleção brasileira” não é permitida.
Apenas os patrocinadores podem usar as imagens e palavras oficias da Copa ou as marcas que são registradas. Se a sua empresa não é patrocinadora, aproveite o clima do evento e crie os layouts a partir de sua imaginação e originalidade, aumentando o engajamento com o seu público-alvo.

Conheça as regras de marketing para a Copa do Mundo | Pit Brand Inside